Qual o Melhor Suplemento Multivitamínico em 2022?

O Multivitamínico é um suplemento alimentar, composto por uma variedade de vitaminas e minerais, que agem para o bom funcionamento do organismo.

Essas vitaminas e minerais, nutrientes essenciais para o nosso metabolismo, nem sempre são produzidas pelo nosso corpo. Ou, em muitos casos, uma alimentação inadequada não oferece todos os nutrientes necessários ao corpo.

Nesses casos, a suplementação com multivitamínicos é uma boa opção.

Existem diversas fórmulas, e marcas de multivitamínicos disponíveis no mercado, variando na quantidade de vitaminas e minerais oferecidos por cada um.

Neste guia de compras, vamos explicar o funcionamento desse importante suplemento alimentar, e apresentar os melhores suplementos vitamínicos existentes no mercado.

Dessa forma, você não terá dificuldade para escolher o melhor multivitamínico para o seu organismo.

Para que serve o multivitamínico?

O nosso organismo produz poucas vitaminas e minerais de forma natural. Por isso, é importante adquirirmos a maioria delas por meio de uma alimentação saudável e balanceada, a qual envolva todos os grupos alimentares.

Quando a nossa alimentação não supre a quantidade de vitaminas e minerais necessários para o bom funcionamento do nosso corpo, o nosso organismo não consegue absorver todos esses nutrientes. Por isso, precisamos inserir os multivitamínicos na nossa alimentação.

Portanto, os multivitamínicos servem para repor esses nutrientes que, por um motivo ou outro, não estão presentes em quantidades suficientes em nosso organismo. Dessa forma, eles ajudam o nosso organismo a combater muitas doenças.

Nutrientes básicos presentes nos multivitamínicos

As vitaminas são essenciais para manter o sistema imunológico saudável, e garantir o desenvolvimento do organismo e metabolismo.

Elas se dividem em dois grupos: lipossolúveis e hidrossolúveis, caracterizadas pela forma de absorção.
O primeiro grupo de vitaminas é solúvel em gordura. Por isso, é necessário consumir que os multivitamínicos junto com alimentos fontes de gordura boa, como abacate, azeite de oliva, linhaça etc.

Já as vitaminas hidrossolúveis, como o próprio nome sugere, são solúveis em água ao invés da gordura.

Os minerais estão ligados às formações dos ossos, regulação dos fluídos corporais e secreções digestivas.

Contudo, para que esses benefícios estejam presentes em nosso corpo, os multivitamínicos oferecem uma diversidade de nutrientes em sua fórmula. Dentre eles estão:

Vitamina A

Essa vitamina é essencial ao crescimento e desenvolvimento humano. Ela atua no sistema imunológico, na manutenção da visão e também como antioxidante.

Podemos encontrar a vitamina A naturalmente em alimentos de origem animal, como leite integral, e também em alguns óleos de palmeira, como dendê.

Além disso, alguns legumes e vegetais também são fontes de vitamina A como, por exemplo, a cenoura, espinafre, chicória, entre outros.

A falta dessa vitamina no organismo pode causar problemas oculares, infecções frequentes, devido à diminuição da imunidade, cálculos renais, entre outras enfermidades.

Vitaminas do complexo B

O complexo B é um grupo que reúne 8 vitaminas: tiamina (B1), riboflavina (B2), niacina (B3), ácido pantotênico (B5), piridoxina (B6), biotina (B7), ácido fólico (B9) e a cianocobalamina (B12).

De modo geral, essas vitaminas servem para regular a produção de energia em nosso corpo, adequando a nossa saúde emocional e mental. Por isso, elas são boas também para tratamento de casos de depressão e ansiedade.

Além disso, o complexo B auxilia na prevenção da anemia, fortalecimento do sistema imunológico, na saúde da nossa pele, cabelos e intestino.

Como esse grupo reúne muitas vitaminas, podemos encontrar naturalmente cada uma delas em determinado tipo ou grupo de alimentos.

Por isso, a suplementação com multivitamínicos é uma ótima opção. Afinal de contas, em apenas um produto, é possível encontrarmos as oito vitaminas.

Sintomas como cansaço extremo, irritabilidade, inflamação na boca e língua, e dor de cabeça frequente podem indicar a deficiência das vitaminas do complexo B no organismo.

Vitamina C

Essa vitamina é muito popular pois, quando uma pessoa está gripada, a sua ingestão é muito recomendada. Pois ela auxilia no fortalecimento do nosso sistema imunológico, combatendo os radicais livres.

Conhecida como ácido ascórbico ela também atua na formação de colágenos e hemácias, assim como age no metabolismo de algumas vitaminas do complexo B, auxiliando na absorção de ferro pelo organismo também.

Outra vantagem da vitamina C para o organismo, é a sua atuação na cicatrização da pele, e na circulação do sangue. Também é muita usada em dermocosméticos, pois combate as marcas do envelhecimento.

Alguns alimentos ricos em vitamina C são: frutas cítricas (como laranja e limão), caju, mamão papaia, pimentão amarelo cru, kiwi, entre outros.

A deficiência grave de vitamina C pode levar ao escorbuto, que gera sangramento na gengiva e é difícil cicatrização. Click aqui e veja: Qual a Melhor Vitamina para Cansaço Físico e Mental ?

Vitamina D

Essa vitamina é lipossolúvel, ou seja, é absorvida mais facilmente se consumida com alimentos que sejam fontes de gordura boa.

A vitamina D é produzida naturalmente no corpo pela exposição à luz solar, e tem ação no metabolismo dos ossos, prevenindo osteoporose, por exemplo.

Como muitas pessoas não ficam expostas à luz solar diariamente, a ingestão de multivitamínicos é indicada para reposição da Vitamina D.

Vitamina E

Essa vitamina é famosa por sua ação antioxidante, atuando na prevenção do envelhecimento e propriedades anti-inflamatórias, auxiliando no sistema imune e diminuindo os efeitos dos radicais livres.

Podemos encontrá-la em óleos vegetais, frutos secos, como amêndoas, e frutas como abacate, por exemplo. A deficiência da vitamina E no organismo pode causar alterações neurológicas.

Vitamina K

A última vitamina presente nos multivitamínicos também atua na saúde dos ossos, pois aumenta a fixação de cálcio, assim como melhora a circulação sanguínea também. Podemos encontrá-la em vegetais verde escuros, como o brócolis.

A deficiência de vitamina K é rara, pois essa vitamina está presente em diversos grupos de alimentos, assim como é feita pela flora intestinal. Mas, em casos específicos, a sua falta pode gerar enfraquecimento nos ossos, ou sangramentos pelo nariz ou pele.

Potássio

No grupo dos minerais presentes nos multivitamínicos há diversos elementos, como o potássio, que é importante para a saúde óssea, muscular, dos sistemas nervoso e circulatório, sendo também responsável pela regulação do pH do sangue.

Os níveis de potássio no organismo devem ser regulados, pois tanto ele baixo quanto alto pode constituir um problema de saúde, como arritmia cardíaca, distensão abdominal, cansaço excessivo e câimbras.

Selênio

Esse mineral está no grupo dos antioxidantes. Por isso, ajuda nos sintomas de envelhecimento precoce, fortalece o sistema imunológico, previne o câncer, entre outros benefícios.

Leia esse artigo:

Qual o Melhor Multivitamínico Para Imunidade?

Podemos encontrá-lo em alimentos como castanha do Pará e farinha de trigo. Sua deficiência pode causar uma série de problemas na saúde, como a diminuição do pâncreas.

Iodo

Esse mineral é essencial ao organismo humano, atuando na síntese dos hormônios produzido pela tireoide. Os alimentos de origem marinha são as principais fontes de iodo. A sua deficiência pode causar anomalias e doenças como bócio.

Zinco

O zinco é um mineral muito conhecido, pois atua em mais de 300 reações químicas em nosso corpo.

O seu uso também está associado ao tratamento de diversas doenças, como a AIDS, artrite e fibromialgia.

Borato

Esse é um mineral pouco conhecido das pessoas, mas que cumpre uma função muito importante no nosso corpo, devido às suas propriedades antissépticas, antivirais e antifúngicas.

Além disso, atua ainda na manutenção dos ossos e articulações.

Molibdênio

Outro mineral presente em nosso organismo, mas que poucos conhecem, é o molibdênio.

Ele está presente em poucas quantidades em nosso organismo, mas é responsável por eliminar as toxinas do nosso corpo, combater o envelhecimento precoce e prevenir doenças inflamatórias.

Ferro

O último mineral presente nos multivitamínicos é bastante conhecido, pois sua deficiência pode acarretar vários sintomas, como infecções frequentes e anemia.

O ferro é responsável pelo transporte do oxigênio e dióxido de carbono no organismo. Por isso, é essencial para a formação da hemoglobina.

Qualquer pessoa pode tomar o multivitamínico?

De modo geral, qualquer pessoa pode tomar o multivitamínico, pois as vitaminas e minerais aumentam o nosso sistema imunológico. Contudo, é preciso tomar cuidado, já que elas em excesso também podem ser prejudiciais à nossa saúde.

Por isso, ele é ideal para pessoas que tenham deficiências nutricionais, que não tenham condições de estabelecer uma dieta balanceada ou, ainda, que tenham alguma doença imunológica.

Mas atenção! Em qualquer caso, é fundamental que você procure orientação médica antes de iniciar a complementação com multivitamínicos, para que haja uma avaliação das suas reais necessidades.

Como consumir o multivitamínico

Os multivitamínicos, em geral, são encontrados em comprimidos ou cápsulas, devendo ser ingerido com água ou qualquer outra bebida não alcoólica. Já a sua dosagem vai depender da sua necessidade individual, ou da indicação do fabricante.

Em relação ao melhor horário para tomar multivitamínico, o ideal é consumir durante o almoço ou jantar, pois alguns alimentos ajudam o organismo a digerir e absorver os nutrientes dessas substâncias.

Benefícios do multivitamínico

Você já pôde perceber os inúmeros benefícios do multivitamínico, não é mesmo? De forma geral, eles fortalecem o nosso sistema imunológico e auxiliam na prevenção de doenças.

Além disso, também podem destacar outros benefícios do multivitamínico, como proteção dos ossos e órgãos do corpo humano, antioxidante, combate os radicais livres e fortalecimento dos sistemas nervoso e cardiovascular.

Como escolher um multivitamínico?

Bom, há inúmeras fórmulas de multivitamínicos no mercado, e escolher o melhor multivitamínico 2021, pode ser uma tarefa um tanto quanto complicada.

Por isso, o ideal é que você faça uma avaliação médica, para que esse profissional indique a opção que atenderá melhor as suas necessidades.

Por exemplo, o melhor multivitamínico para hipertrofia pode não ser indicado como melhor multivitamínico masculino. Inclusive, se está em busca de vitaminas para hipertrofia, o multivitamínico Growth pode ser a melhor opção.

Leia esse artigo:

https://melhormania.com.br/melhor-creatina/

Mas, lembre-se, consulte seu médico para saber o melhor para você.

Entretanto, é importante saber que há características que diferenciam os produtos, como faixa etária, informação nutricional, dosagem e custo benefício. Para auxiliá-lo nessa análise, destacamos 4 fatores que você deve levar em consideração.

Faixa etária

Você sabia que há multivitamínicos específicos para cada faixa etária? Isso ocorre, pois o nosso organismo tem necessidades diferentes em cada etapa da nossa vida.

Uma mulher de 60 anos, por exemplo, tem necessidades nutricionais diferentes de uma de 20 anos.

Dessa forma, podemos encontrar no mercado o melhor multivitamínico masculino, ou melhor multivitamínico feminino, ou ainda opções como melhor vitamina para homens com mais de 50 anos.

Porém, há determinados grupos de multivitamínicos que são indicados para ambos os sexos, e para uma faixa etária maior como, por exemplo, mulheres acima de 40 anos.

Informação nutricional

Esse fator já está descrito na embalagem do produto, e é de fácil acesso a todos. Pois a legislação nacional não permite comercializar esse tipo de produto sem essa informação.

Nesse quesito, há fórmulas mais completas, com uma gama maior de vitaminas e minerais. Mas também há opções mais simples, com uma quantidade menor de vitaminas e minerais.

Ainda há a possibilidade de solicitar multivitamínicos de forma manipulada, possibilitando que as vitaminas e minerais sejam específicos para o seu uso.

Além disso, também é possível ainda, escolher o melhor multivitamínico relacionando às informações nutricionais, com os benefícios para a sua saúde, por exemplo:

  • Multivitamínicos para bem estar do corpo e mente: para essa finalidade, prefira os produtos com vitaminas A, C, D e complexo B, além dos minerais zinco e cálcio.
  • Multivitamínicos para saúde da gestante: ácido fólico, cálcio, ferro, fósforo, potássio e vitaminas do complexo B são as principais.
  • Terceira idade: priorize as vitaminas do complexo B, vitaminas E, D, e C, além de cálcio, zinco, iodo e fósforo.
  • Multivitamínicos para ter mais energia e disposição: os suplementos com vitaminas B12 são indicados.
  • Multivitamínicos para hipertrofia muscular: nesse caso, o potássio, magnésio, cálcio, cobre e as vitaminas C e D são mais indicados.

Dosagem

Antes de verificar a dosagem do seu multivitamínico, saiba que não se recomendam super dosagens, pois podem sobrecarregar o organismo, e acarretar problemas de saúde.

Por isso, não exclua a recomendação médica para encontrar a dosagem certa para o seu caso. Afinal, não há regra para a recomendação diária de ingestão de vitaminas e minerais.

Custo benefício

Esse é um fator que, muitas vezes, costuma gerar dúvidas. Pois, geralmente, os multivitamínicos mais recomendados pelos médicos têm um preço mais elevado.

Como já dissemos, em um único produto, há uma infinidade de vitaminas e minerais. Por isso, é de se imaginar que o valor pode ser um pouco “salgado”. Contudo, os benefícios que eles trazem para a saúde são muitos.

Em se tratando de valores, uma única caixa de multivitamínicos pode custar até R$ 1.000,00. Mas você também pode encontrar opções por R$70,00. Há ainda os manipulados, que podemos encontrar por R$20,00.

Como a variação é grande, fica difícil estimar uma média de preço. Por isso, o ideal é fazer uma pesquisa bem abrangente, para que você pague um preço justo, e que não comprometa o seu orçamento.

5 Melhores Multivitamínicos de 2021

Agora que você já sabe tudo sobre os multivitamínicos, como eles agem, seus benefícios, custo, assim como quais as melhores vitaminas para o corpo, é hora de saber qual o melhor multivitamínico de 2021.

Então, confira abaixo a seleção que fizemos com os 5 melhores multivitamínicos do mercado!

1 – Multivitaminico Two-Per-Day (120 CAPSULES) Life Extension

Esse multivitamínicos está no topo da lista, pois é considerado um dos melhores do mercado, e o melhor multivitamínico importado.

Segundo o fabricante, o produto supera seus concorrentes, pois a quantidade de vitaminas e minerais presentes nele são muito maiores do que os demais encontrados no mercado, como por exemplo, 8 vezes mais vitamina C, e 4 vezes mais vitamina D. Veja: Qual é a Melhor Vitamina C Para o Rosto? Click!

Se você está procurando qual o melhor polivitamínico para homens com 50 anos, essa pode ser a opção ideal e mais completa para você.

A dosagem recomendada pelo fabricante são duas cápsulas por dia, o que faz com que o produto com 120 cápsulas dure 60 dias. Em relação ao valor, podemos encontrá-lo por cerca de R$ 200,00.

2 – Revigoran A-Z 60 cápsulas, Nutrends

O Revigora A-Z pode ser considerada a melhor opção na categoria custo benefício, já que custa cerca de R$30,00.

Ele é muito utilizado por gestantes e praticantes de atividades físicas, já que seus nutrientes e minerais auxiliam no sistema imunológico.

Sua fórmula possui 13 vitaminas e 10 minerais, trazendo benefícios no sistema nervoso. Dessa forma, ele ajuda a melhorar a memória, sendo uma opção também para idosos.

3 – GNC Ultra Women’s Mega MultiVitamínico Feminino (90 Caps)

O terceiro lugar da lista é considerado o melhor multivitamínico feminino, pois fornece antioxidantes, vitaminas e nutrientes fundamentais para a saúde feminina.

Com isso, o GNC Ultra Women’s Mega MultiVitamínic ofavorece o metabolismo, o aumento de energia, ajuda a estimular o sistema imunológicos, favorece a saúde óssea, e contribui com a saúde da pele da mulher.

Podemos encontrá-lo por cerca de R$ 170,00, e vem com 90 cápsulas.

4 – Multivitamínico Pharmaton Complex, 100 cápsulas

O Multivitamínico Pharmaton é bem famoso no mercado brasileiro. Por isso, é possível encontrá-lo por um preço acessível.

A embalagem vem 100 cápsulas, e custa cerca de R$ 140,00. Mas as versões com quantidade menor, consequentemente, são mais em conta.

É composto por 23 vitaminas e minerais. Por isso, pode ser considerado o melhor multivitamínico para imunidade. Além disso, ajuda na disposição física, e pessoas de qualquer idade podem consumir.

5 – MULTIVITAMÍNICO – POTE 90 CÁPSULAS

O multivitamínico Dux Nutrition tem alta absorção pelo organismo. Segundo o fabricante, a sua fórmula é ultra concentrada, fornecendo nutrientes selecionados em uma única cápsula.

Encontramos o pote com 90 cápsulas por cerca de R$ 60,00, o que o torna uma ótima opção no quesito custo benefício.

Por fim, vale frisar que a decisão sobre as melhores vitaminas para o corpo, seja em conjunto com o seu médico, para que você obtenha o máximo de seus nutrientes e benefícios.

 

Achou Útil o Artigo? Compartilhe nas redes socias e ajude o nosso pequeno blog a crescer

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *